Livros

Pesquisa em andamento

Bibliografia crítica do pensamento esquerdista em língua portuguesa recomendada por nós. As referências seguem, tanto quanto possível, as normas da ABNT. Dada a multiplicidade de edições que um livro pode ter, a escolha das edições abaixo tem caráter apenas ilustrativo e não reflete necessariamente nossa preferência editorial.


LITERATURA

CAMUS, Albert. O homem revoltado. Tradução de Valerie Rumjanek. Rio de Janeiro: BestBolso, 2017.
DOSTOIÉVSKI, Fiódor. Os demônios. Tradução de Paulo Bezerra. São Paulo: Editora 34, 2004.
KOESTLER, Arthur. O zero e o infinito. Tradução de Juvenal Jacinto. São Paulo: Globo, 1964.
MUSIL, Robert. O homem sem qualidades. Tradução de Lya Luft e Carlos Abbenseth. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2015.
ORWELL, George. A revolução dos bichos. Tradução de Heitor Aquino Ferreira. São Paulo: Globo, 2003.
______. 1984. Tradução de Heloisa Jahn e Alexandre Hubner. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.
PADURA, Leonardo. O homem que amava os cachorros. Tradução de Helena Pitta. 2.ed. São Paulo: Boitempo Editorial, 2015.
PASTERNAK, Boris. Doutor Jivago. Tradução de Zoia Prestes. Rio de Janeiro: BestBolso, 2013.
RAND, Ayn. A revolta de Atlas. Tradução de Paulo Britto Henriques. São Paulo: Arqueiro, 2017.
RODRIGUES, Nelson. O reacionário: memórias e confissões. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.
SCHLATTNER, Eginald. Luvas vermelhas. Tradução de Karleno Bocarro. São Paulo: É Realizações, 2014.
SOLJENÍTSIN, Alexandre. O primeiro círculo. Rio de Janeiro: Editorial Bruguera, 1968.
______. Um dia na vida de Ivan Deníssovitch. São Paulo: Círculo do Livro S.A, 1973.
VISNIEC, Matei. A história do comunismo contada aos doentes mentais. Tradução de Karleno Bocarro. São Paulo: É Realizações, 2012.
VOINOVICH, Vladimir. A vida e as extraordinárias aventuras do soldado Ivan Chonkin. Tradução de Affonso Blacheyre. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1978.
______. Moscou 2042. Rio de Janeiro: Record, 1986.

MARXISMO

ARON, Raymond. De uma Sagrada Família a outra: ensaios sobre os marxismos imaginários. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970.
______. O marxismo de Marx. Tradução de Jorge Bastos. São Paulo: Arx, 2004.
______. O ópio dos intelectuais. Tradução de Jorge Bastos. São Paulo: Três Estrelas, 2016.
BÖHM-BAWERK, Eugen von. A teoria da exploração do socialismo-comunismo: a idéia de que toda renda não advinda do trabalho (aluguel, juro e lucro) envolve injustiça econômica (Um extrato). Rio de Janeiro: José Olympio Ed.; Instituto Liberal, 1987.
MERQUIOR, José Guilherme. O marxismo ocidental. Tradução de Raúl de Sá Barbosa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1987.
MISES, Ludwig von. Marxismo desmascarado. Tradução de Alexandre S. São Paulo: Vide Editorial, 2016.
PAIM, Antonio. Marxismo e descendência. São Paulo: Vide Editorial, 2009.
PARETO, Vilfredo. Crítica a O Capital de Karl Marx. Rio de Janeiro: Irmãos Pongetti, 1937.
PIETTRE, André. Marxismo. 3.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1969.
POPPER, Karl. A miséria do historicismo. Tradução de Octanny S. da Mota e Leonidas Hegenberg. São Paulo: Editora Cultrix; Editora USP, 1980.
UREÑA, Enrique M. Karl Marx economista. São Paulo: Loyola, 1981.

FILOSOFIA POLÍTICA

ARON, Raymond. Democracia e totalitarismo. Tradução de Frederico Montenegro. Lisboa: Editorial Presença, 1966.
______. Ensaio sobre as liberdades. Tradução de Ruy Belo. Lisboa: Editorial Aster, 1965.
BASTIAT, Frédéric. A Lei: por que a esquerda não funciona?. Tradução de Eduardo Levy. São Paulo: Faro Editorial, 2016.
BENDA, Julien. A traição dos intelectuais. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Peixoto Neto, 2007.
BURKE, Edmund. Reflexões sobre a Revolução na França. Tradução de Marcelo Gonzaga de Oliveira e Giovanna Louise Libralon. São Paulo: Vide Editorial, 2017.
COHEN, Nick. O que resta da esquerda?. Lisboa: Alêtheia, 2007.
COUTINHO, Sérgio. A revolução gramscista no ocidente. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2012.
GOLDBERG, Jonah. Fascismo de esquerda. Tradução de Maria Lucia de Oliveira. Rio de Janeiro: Record, 2009.
HARSANYI, David. O Estado babá: como radicais, bons samaritanos, moralistas e outros burocratas cabeças-duras tentam infantilizar a sociedade. Tradução de Carla Werneck. Rio de Janeiro: Litteris, 2011.
HAYEK, F. A. O caminho da servidão. Tradução de Anna Maria Capovilla, José Ítalo Stelle e Liane de Morais Ribeiro. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1984.
KIRK, Russell. A política da prudência. Tradução de Gustavo Santos e Márcia Xavier de Brito. São Paulo: É Realizações, 2014.
_____. Edmund Burke: redescobrindo um gênio. Tradução de Márcia Xavier de Brito. São Paulo: É Realizações, 2016.
LOBACZEWSKI, Andrew. Ponerologia: psicopatas no poder. Tradução de Adelice Godoy. São Paulo: Vide Editorial, 2014.
MERQUIOR, José Guilherme. O liberalismo: antigo e moderno. São Paulo: É Realizações, 2014.
MILOSZ, Czeslaw. Mente cativa. São Paulo: Novo Século, 2010.
MISES, Ludwig von. Liberalismo. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986.
______. Liberdade e propriedade. São Paulo: LVM, 2017.
MOSS, Robert. O colapso da democracia. Rio de Janeiro: Nordica, 1977.
OAKESHOTT, Michael. Sobre a história e outros ensaios. Rio de Janeiro: Topbooks, 2002.
ORTEGA Y GASSET, José. A rebelião das massas. São Paulo: Vide Editorial, 2016.
PALMER, Tom G. A moralidade do capitalismo: o que os professores não contam. São Paulo: Peixoto Neto, 2016.
POPPER, Karl. A sociedade aberta e seus inimigos. 2v. Belo Horizonte: Itatiaia, 1974.
RAND, Ayn. A virtude do egoísmo. Porto Alegre: Ortiz, 1991.
REVEL, Jean-François. Nem Marx nem Jesus. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1973.
______. A tentação totalitária. Rio de Janeiro: DIFEL, 1976.
______. O conhecimento inútil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1991.
______. A grande parada: ensaio acerca da sobrevivência da utopia socialista. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2001.
______. A obsessão antiamericana: causas e inconsequências. Rio de Janeiro: UniverCidade, 2003.
ROSSITER, Lyle H. A mente esquerdista: as causas psicológicas da loucura política. São Paulo: Vide Editorial, 2016.
ROTHBARD, Murray N. A anatomia do Estado. 2.ed. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2012.
SALVADORI, Massimo. Democracia liberal. Rio de Janeiro: Fundo de Cultura, 1958.
SCRUTON, Roger. Pensadores da Nova Esquerda. São Paulo: É Realizações, 2014.
SÉVILLIA, Jean. Terrorismo intelectual. São Paulo: Peixoto Neto, 2010.
SORMAN, Guy. A solução liberal. Rio de Janeiro: José Olympio, 1984.
STEVENS, Edmund. Assim é a Rússia. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, [195-].
TOCQUEVILLE, Alexis de. A democracia na América: leis e costumes – Livro I. 3.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2014.
______. A democracia na América: sentimentos e opiniões – Livro II. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2014.
UREÑA, Enrique M. O mito do cristianismo socialista. São Paulo: Loyola, 1982.
VIVAS, Eliseo. Marcuse em julgamento. Rio de Janeiro: Edições Bloch, 1972.
WEAVER, Richard. As ideias têm consequências. 2.ed. São Paulo: É Realizações, 2016.
WILLIAMSON, Kevin D. O livro politicamente incorreto da esquerda e do socialismo. Rio de Janeiro: Agir, 2003.

SOCIOLOGIA

ARON, Raymond. Dezoito lições sobre a sociedade industrial. São Paulo: Martins Fontes, 1962.
______. As etapas do pensamento sociológico. São Paulo: Martins Fontes, 1982.
BAGUS, Philipp. A tragédia do Euro. São Paulo: Vide Editorial, 2012.
BERNARDIN, Pascal. Maquiavel pedagogo: ou o ministério da reforma psicológica. São Paulo: Vide Editorial, 2013.
______. O império ecológico. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
BLOOM, Allan. O declínio da cultura ocidental: da crise da universidade à crise da sociedade. 2.ed. São Paulo: Best Seller, 1989.
DELINGPOLE, James. Os melancias: como os ambientalistas estão matando o planeta, destruindo a economia e roubando o futuro de vossos filhos. Rio de Janeiro: Topbooks, 2012.
GOLDBERG, Bernard. Parcialidade: como a imprensa distorce as notícias. São Paulo: Peixoto Neto, 2016.
ILLICH, Ivan. Sociedade sem escolas. 2.ed. Rio de Janeiro: Vozes, 1973.
JOHNSON, Paul. Inimigos da sociedade. Rio de Janeiro: Editora Nórdica, 1977.
KEELEY, Lawrence H. A guerra antes da civilização: o mito do bom selvagem. São Paulo: É Realizações, 2011.
KIMBALL, Roger. Radicais nas universidades. São Paulo: Peixoto Neto, 2010.
KOENEN, Gerd. A revolta de 68 e o flerte com o totalitarismo. Porto Alegre: Unijuí, 2006.
LOTT JR., John. Preconceito contra as armas: por que quase tudo o que você ouviu sobre o controle de armas está errado. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
MISES, Ludwig von. Teoria e história. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2014.
______. O conflito de interesses e outros ensaios. São Paulo: LVM, 2017.
PEYREFITTE, Alain. A sociedade de confiança: ensaio sobre as origens e a natureza do desenvolvimento. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999.
ROTHBARD, Murray N. Educação: livre e obrigatória. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2013.
SCRUTON, Roger. Filosofia verde: como pensar seriamente o planeta. São Paulo: É Realizações, 2016.
SOWELL, Thomas. Conflito de visões: origens ideológicas das lutas políticas. São Paulo: É Realizações, 2011.
______. Os intelectuais e a sociedade. São Paulo: É Realizações, 2011.
______. Ação afirmativa ao redor do mundo. São Paulo: É Realizações, 2016.
VENKER, Suzanne. O outro lado do feminismo. São Paulo: Simonsen, 2015.
WIKER, Benjamin. 10 livros que estragaram o mundo – e outros cinco que não ajudaram em nada. São Paulo: Vide Editorial, 2015.

ECONOMIA

BLOCK, Walter. Defendendo o indefensável. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2010.
FRIEDMAN, Milton; FRIEDMAN, Rose. Livre para escolher: um depoimento pessoal. Rio de Janeiro: Record, 2015.
HAZLITT, Henry. Economia numa única lição. Rio de Janeiro: José Olympio, 1987.
KLAUS, Václav. Demolindo o socialismo: um relatório preliminar. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1992.
LAL, Deepak. A pobreza das teorias desenvolvimentistas. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1987.
_____. Os erros fatais do socialismo. São Paulo: Faro Editorial, 2017.
MISES, Ludwig von. As seis lições. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 1979.
______. A mentalidade anticapitalista. Rio de Janeiro: José Olympio, 1987.
______. A ação humana. 3.ed. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2016.
______. O livre mercado e seus inimigos. São Paulo: Vide Editorial, 2017.
______. O cálculo econômico em uma comunidade socialista. São Paulo: LVM, 2017.
RÖPKE, Wilhelm. Os países subdesenvolvidos. São Paulo: Saraiva, 1963.
ROTHBARD, Murray N. O que o governo fez com o nosso dinheiro?. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises, 2013.
SORMAN, Guy. A nova riqueza das nações. Rio de Janeiro: Nórdica, 1987.
______. Sair do socialismo. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1991.
______. A economia não mente. São Paulo: É Realizações, 2008.
SOWELL, Thomas. Fatos e falácias da economia. Rio de Janeiro: Record, 2017.
WOOD, Geoffrey. Falácias econômicas. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 1998.

HISTÓRIA GERAL E MODERNA

ANDRESS, David. O Terror: Guerra Civil e a Revolução Francesa. Rio de Janeiro: Record, 2007.
FURET, François. Pensando a Revolução Francesa. São Paulo: Paz e Terra, 1989.
FURET, François; OZOUF, Mona. Dicionário crítico da Revolução Francesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989.
PIPES, Richard. Propriedade e liberdade. Rio de Janeiro: Record, 2001.
RENAUD, Escande (Org.). O livro negro da Revolução Francesa. Lisboa: Alêtheia, 2010.
TOCQUEVILLE, Alexis de. O Antigo Regime e a Revolução. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2016.
WILSON, Edmund. Rumo à Estação Finlândia. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
WOODS, JR., Thomas E. Como a Igreja Católica construiu a Civilização Ocidental. São Paulo: Quadrante, 2008.

HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA

BEEVOR, Antony. Berlim 1945: A Queda. Rio de Janeiro: Record, 2004.
DOBSON, William J. Escola dos ditadores: dentro da luta global pela democracia. São Paulo: Via Leitura, 2014.
FELSHTINSKY, Yuri; PRIBILOVSKI, Vladimir. A era dos assassinos: a nova KGB e o fenômeno Vladimir Putin. Rio de Janeiro: Record, 2008.
GELLATELY, Robert. Lênin, Stálin e Hitler. Rio de Janeiro: Record, 2010.
JOHNSON, Paul. Tempos modernos: o mundo dos anos 20 aos 80. Rio de Janeiro, Instituto Liberal, 1990.
JUDT, Tony. Pós-guerra: uma história da Europa desde 1945. Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.
KAPUSCINSKI, Ryszard. O imperador: os bastidores do palácio de Hailé Selassié I, o tirano que governou a Etiópia por 44 anos. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.
OVERY, Richard. Os ditadores. Rio de Janeiro: José Olympio, 2009.
PAZ, Octavio. O ogro filantrópico. Rio de Janeiro: Guanabara, 1989.
RANGEL, Carlos. Ideologia terceiro-mundista e a realidade ocidental: como se fabrica um mito político. Rio de Janeiro: Nórdica, 1986.
SNYDER, Timothy. Terras de sangue: a Europa entre Hitler e Stalin. Rio de Janeiro: Record, 2012.
TISMANEANU, Vladimir. O diabo na história: comunismo, fascismo e algumas lições do século XX. São Paulo: Vide Editorial, 2017.

BIOGRAFIAS

BERLIN, Isaiah. Karl Marx: sua vida, seu meio e sua obra. São Paulo: Siciliano, 1991.
CHANG, Jung; HALLIDAY, Jon. Mao: a história desconhecida. Companhia das Letras: São Paulo, 2006.
JOHNSON, Paul. Os intelectuais. Rio de Janeiro: Imago, 1990.
JUDT, Tony. Passado imperfeito: um olhar crítico sobre a intelectualidade francesa no pós-guerra. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2007.
KNIGHT, Amy. Beria: o lugar-tenente de Stalin. Rio de Janeiro: Record, 1997.
KOTKIN, Stephen. Stálin – volume 1: paradoxos do poder, 1878-1928. Rio de Janeiro: Objetiva, 2017.
MARCOU, Lilly. A vida privada de Stálin. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.
MEDVEDEV, Zhores. Soljenitsin: a luta contra o silêncio. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1973.
MONTEFIORE, Simon Sebag. Stálin: a corte do czar vermelho. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
______. O jovem Stálin. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.
PARK, Yeonmi. Para poder viver: a jornada de uma garota norte-coreana para a liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2016.
SERGE, Victor. Memórias de um revolucionário. São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
SERVICE, Robert. Lenin: a biografia definitiva. Rio de Janeiro: Record, 2006.
______. Trotski: uma biografia. Rio de Janeiro: Record, 2017.
VALTIN, Jan. Do fundo da noite: memórias de um famoso espião e agitador alemão. Rio de Janeiro: José Olympio, 1942.
VOLKOGONOV, Dmitri. Os sete chefes do império soviético. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.
______. Lenine: uma nova biografia. Lisboa: Edições 70, 2008.
______. Stalin. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2017.

COMUNISMO

AJAO, Aderogba. Nas garras do tigre: seis anos sob o regime comunista. São Paulo: DOMINUS, 1964.
ANDERS, Karl. Assassínio por encomenda. Rio de Janeiro: G.R. Schmid, 1966.
APPLEBAUM, Anne. Gulag: uma história dos campos de prisioneiros soviéticos. Rio de Janeiro: Ediouro, 2003.
______. A Cortina de Ferro. São Paulo: Três Estrelas, 2017.
BERBEROVA, Nina. O processo de Kravchenko. São Paulo: Vide Editorial, 2017.
BESANÇON, Alain. A infelicidade do século: sobre o comunismo, o nazismo e a unicidade da Shoa. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.
BITTMAN, Ladislav. O KGB. Mem Martins: Publicações Europa-América, 1988.
BRENT, Jonathan. Dentro dos arquivos de Stalin: descobrindo uma nova Rússia. Rio de Janeiro: Record, 2013.
BROWN, Archie. Ascensão e queda do comunismo. Rio de Janeiro: Record, 2011.
BRZEZINSKI, Zbigniew K.. Ideologia e poder na política soviética. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1963.
______. O grande fracasso: o nascimento e morte do comunismo no século XX. Rio de Janeiro: Record, 1990.
CARTIANU, Grigore. O fim dos Ceausescu. São Paulo: É Realizações, 2012.
CHAMBERLAIN, Lesley. A guerra particular de Lenin: a deportação da intelectualidade russa pelo governo bolchevique. Rio de Janeiro: Record, 2008.
CINCO Anos: Julgamento político na União Soviética. [S.l.]: Intercontinental, 1973.
CONQUEST, Robert. O último império. São Paulo: DOMINUS, 1964.
______. O grande terror: os expurgos de Stalin. Rio de Janeiro: Expressão e Cultura, 1970.
COURTOIS, Stéphane; WERTH, Nicolas; PANNÉ, Jean-Louis; PACZKOWSKI, Andrzej; BARTOSEK, Karel; MARGOLIN, Jean-Louis. O livro negro do comunismo: crimes, terror e repressão. 6.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015.
COURTOIS, Stéphane (Org.). Cortar o mal pela raiz!: história e memória do comunismo na Europa. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006.
CLEWS, John C. Técnicas da propaganda comunista. Rio de Janeiro: O Cruzeiro, 1966.
CLUTTERBUCK, Richard. Guerrilheiros e terroristas. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 1980.
CROSSMAN, Richard (Org.). O Deus que falhou. Rio de Janeiro: Irmãos Pongetti, 1952.
DALLIN, David J.; NICOLAEVSKY, Boris I. Trabalho forçado na Rússia Soviética. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1947.
______. O novo império soviético. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1951.
DALRYMPLE, Theodore. Viagens aos confins do comunismo. São Paulo: É Realizações, 2017.
DECTER, Moshe. Cartilha de comunismo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1964.
DEMICK, Barbara. Nada a invejar: vidas comuns na Coreia do Norte. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.
DIKÖTTER, Frank. A Grande Fome de Mao. Rio de Janeiro: Record, 2017.
DZIAK, John J. Chekisty: história da KGB. Rio de Janeiro: Imago, 1989.
FIGES, Orlando. A tragédia de um povo: a Revolução Russa 1891-1924. Rio de Janeiro: Record, 1999.
______. Sussuros: a vida privada na Rússia de Stalin. Rio de Janeiro: Record, 2010.
FURET, François. O passado de uma ilusão: ensaio sobre a idéia comunista no século XX. São Paulo: Editora Siciliano, 1995.
GELLATELY, Robert. A maldição de Stalin. Rio de Janeiro: Record, 2017.
GOUZENKO, Igor. A Cortina de Ferro. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1946.
GRIFFITHS, Sir Percival. As transfigurações do comunismo. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1961.
HARDEN, Blaine. Fuga do Campo 41: a dramática jornada de um prisioneiro da Coreia do Norte rumo à liberdade. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012.
HAMMOND, Thomas T. Anatomia da subversão. 2 tomos. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1975.
HYDE, Douglas. A realidade era outra: autobiografia de um ex-comunista. Rio de Janeiro: Vozes, 1962.
______. O assalto pacífico. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1966.
HUNT, Robert Nigel Carew Hunt. O jargão comunista. São Paulo: DOMINUS, 1964.
HUNTER, Edward. Limpeza da mente na China Comunista. Rio de Janeiro: Ipanema, 1951.
IWANOW, Boris. Religião na URSS. São Paulo: DOMINUS, 1965.
JIN-SUNG, Jang. Querido líder: os segredos explosivos da ditadura norte-coreana revelados por um alto funcionário do regime. São Paulo: Três Estrelas, 2016.
LABIN, Susanne. A condição humana na China comunista. Rio de Janeiro: Letras e Artes, 1963.
______. Em cima da hora: a conquista sem guerra. Rio de Janeiro: Record, 1964.
LAQUEUR, Walter. O fim de um sonho: as raízes do fracasso da União Soviética. São Paulo: Best Seller, 1994.
LESCOT, Patrick. O império vermelho: a história de quatro militantes comunistas unidos pela paixão e pelo terror em Moscou e Pequim 1919-1989. Rio de Janeiro: Objetiva, 2000.
LEWIS, Ben. Foi-se o martelo: a história do comunismo contada em piadas. Rio de Janeiro: Record, 2014.
JIAN, Ma. Pequim em coma. Rio de Janeiro: Record, 2009.
JOCELYN, Ed; MCEWEN, Andrew. A longa marcha: origens da China de Mao. Rio de Janeiro: Record, 2008.
KESSLER, Lauren. Elizabeth Bentley, uma espiã americana a serviço da KGB. São Paulo: Landscape, 2004.
KETCHUM, Richard M. (Org.). Que é comunismo. São Paulo: Saraiva, 1957.
KIRKPATRICK, Jeane (Org.). A estratégia da traição. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1964.
KLIMOV, Gregory. A máquina do terror: história interna da administração soviética na Alemanha. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, [195-].
KOENEN, Gerd. Utopia do expurgo: o que foi o comunismo?. Porto Alegre: Unijuí, 2009.
KOLARZ, Walter. Anatomia do comunismo. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1963.
______. Comunismo e colonialismo. São Paulo: DOMINUS, 1965.
KOTKIN, Stephen. Sociedade incivil: 1989 e a derrocada do comunismo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2013.
KRAVCHENKO, Victor. Escolhi a liberdade: a vida privada e política de um funcionário soviético. Rio de Janeiro: A Noite, 1948.
MARES, Delia. Conheça o inimigo: de Marx a Malenkov. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1952.
MATHEWSON, Rufus W. et al. Conflito e controle na literatura soviética. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1965.
MENEY, Patrick. A kleptocracia: a corrupção na União Soviética. Rio de Janeiro: Record, 1982.
MITCHELL, Greg. Os túneis: a história jamais contada das espetaculares fugas sob o Muro de Berlim. São Paulo: Vestígio, 2017.
OVERSTREET, Harry; OVERSTREET, Bonaro. O que devemos saber sobre o comunismo. Belo Horizonte: Itatiaia, 1963.
PACEPA, Ion Mihail; RYCHLAK, Ronald J. Desinformação: ex-chefe de espionagem revela estratégias secretas para solapar a liberdade, atacar a religião e promover o terrorismo. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
PETROV, Wladimir. Da Sibéria ao mundo livre. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, [195?]
PIPES, Richard. História concisa da Revolução Russa. Rio de Janeiro: Record, 1997.
______. O comunismo. Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.
PIROGOV, Peter. Escapei do paraíso vermelho. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1953.
PLESHAKOV, Constantine. A loucura de Stalin: os trágicos dez dias iniciais da Segunda Guerra Mundial no Front Ocidental. Rio de Janeiro: DIFEL, 2008.
PLOKHY, Serhii. O último império: os últimos dias da União Soviética. São Paulo: LeYa, 2015.
POLIANSKI, Nicolas. M.I.D.: 12 Anos no serviço diplomático soviético. Rio de Janeiro: Record, 1984.
PRIESTLAND, David. A bandeira vermelha: a história do comunismo. São Paulo: LeYa, 2012.
REMNICK, David. O túmulo de Lênin: os últimos dias do Império Soviético. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.
SAKHAROV, Andrei D. Meu país e o mundo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1975.
______. Progresso, coexistência e liberdade intelectual. Lisboa: Edições Dom Quixote, 1976.
SALISBURY, Harrison E. Massacre em Pequim: a luta inglória que banhou de sangue a Praça da Paz Celestial. Rio de Janeiro: Record, 1989.
SALVADORI, Massimo. Desenvolvimento do comunismo moderno. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, [195?]
SCHOLMER, Joseph. Vorkuta: a cidade escrava da URSS. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1954.
SCHWARZ, Fred. Você pode confiar nos comunistas (... eles são comunistas mesmo!). São Paulo: DOMINUS, 1963.
SEBESTYEN, Victor. A revolução de 1989: a queda do império soviético. São Paulo: Globo, 2009.
SETH, Ronald. 40 Anos de espionagem soviética. Rio de Janeiro: Edições Bloch, 1965.
SETON-WATSON, Hugh. O novo imperialismo. Rio de Janeiro: Ipanema, 1963.
SERVICE, Robert. Camaradas: uma história do comunismo mundial. Rio de Janeiro: Record, 2015.
SHAKARANSKI, Natan. Não temerei o mal: as memórias de um dissidente soviético prisioneiro da KGB. São Paulo: Best Seller, 1988.
SIXSMITH, Martin. O Caso Litvinenko: a história verídica de uma morte anunciada. São Paulo: Landscape, 2007.
SOLJENÍTSIN, Alexandre. Arquipélago Gulag: 1918-1956. São Paulo: Círculo do Livro S.A., 1973.
______. O carvalho e o bezerro. Rio de Janeiro: Difel, 1976.
STEINBERG, Julien (Org.). 34 desiludidos do comunismo: depoimentos. 2 vols. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1953.
STRACHEY, John. O grande despertar. Rio de Janeiro: Associação Brasileira do Congresso pela Liberdade da Cultura, 1962.
SUVOROV, Viktor. O exército soviético por dentro. Rio de Janeiro: Record, 1982.
______. A espionagem militar soviética. Rio de Janeiro: Record, 1984.
______. O grande culpado: o plano de Stalin para iniciar a Segunda Guerra Mundial. São Paulo: Amarilys, 2010.
TISMANEANU, Vladimir. Do comunismo: o destino de uma religião política. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
ULAM, Adam B. A nova face do totalitarismo soviético. Rio de Janeiro: Record, 1964.
______. Os bolcheviques. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1976.
U.S. News & World Report, Inc. Os grandes espiões soviéticos: as armas secretas do Kremlin. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1976.
VOINOVICH, Vladimir. Os anti-soviéticos da União Soviética. Rio de Janeiro: Record, 1985.
VOSLENSKY, Michael S. A nomenklatura: como vivem as classes privilegiadas na União Soviética. Rio de Janeiro: Record, 1980.
WALSTON, Lord. Problemas agrícolas dos países socialistas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1964.
WEISSBERG, Alexandre. O acusado: uma história pessoal de encarceramento na Rússia. Rio de Janeiro: Livraria Clássica Brasileira, 1951.
WILSON, Andrew. Comunismo: suas promessas... suas práticas. Editora Ailpa, 1983.
YUTANG, Lin. O nome secreto. Belo Horizonte: Itatiaia, 1961.
ZEMTSOV, Ilya. A vida privada da elite soviética. Rio de Janeiro: Record, 1985.

AMÉRICA LATINA

APULEYO MENDOZA, Plinio; MONTANER, Carlos Alberto; VARGAS LLOSA, Alvaro. Manual do perfeito idiota latino-americano. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996.
______. A volta do idiota. Rio de Janeiro: Odisseia, 2007.
GILBERT, Isidoro. O ouro de Moscou: história da diplomacia, do comércio e da espionagem soviética na Argentina. Rio de Janeiro: Record, 2010.
JAMES, Daniel. O plano vermelho para as Américas. Rio de Janeiro: Ipanema, [1954].
LANATA, Jorge. A década roubada: dados e fatos nos anos da Argentina kirchnerista. São Paulo: Planeta, 2014.
NARLOCH, Leandro. Guia politicamente incorreto da América Latina. São Paulo: LeYa, 2011.
OPPENHEIMER, Andrés. Basta de histórias!: a obsessão latino-americana com o passado e as 12 chaves do futuro. Rio de Janeiro: Objetiva, 2011.
PULIDO, Luis Alberto Villamarín. FARC: terrorismo na América do Sul. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2009.
RANGEL, Carlos. Do bom selvagem ao bom revolucionário. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1981.
RODRÍGUEZ, Ricardo Vélez. A análise do patrimonialismo através da literatura latino-americana: o Estado gerido como bem familiar. Rio de Janeiro: Instituto Liberal, 2008.
______. Patrimonialismo e a realidade latino-americana. Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército, 2017.
TAQUARI, Carlos. Tiranos & tiranetes: a ascensão e queda dos ditadores latino-americanos e sua vocação para o ridículo e o absurdo. 2.ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

CUBA

ARENAS, Reinaldo. Antes que anoiteça. Rio de Janeiro: BestBolso, 2009.
AUBRY, Michel. Cuba, nação independente ou satélite?. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1963.
BANDEIRA, ANTÔNIO RANGEL. Sombras do paraíso: a crise da Revolução Cubana. Rio de Janeiro: Record, 1994.
CASTRO, Juanita. Fidel e Raúl, meus irmãos: a história secreta. São Paulo: Planeta, 2011.
CUMERLATO, Corinne; ROUSSEAU, Denis. A ilha do doutor Castro: a transição confiscada. São Paulo: Peixoto Neto, 2001.
DEPALMA, Anthony. O homem que inventou Fidel. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
DÍAZ, José R. Alvarez. As condições do trabalho em Cuba. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1964.
DRAPER, Theodore. A revolução de Fidel Castro: mitos e realidades. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1962.
______. Castrismo: teoria e prática. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1966.
EIRE, Carlos. À espera da neve em Havana. São Paulo: Globo, 2005.
FONTOVA, Humberto. O verdadeiro Che Guevara  e os idiotas úteis que o idolatram. São Paulo: É Realizações, 2009.
______. Fidel: o tirano mais amado do mundo. São Paulo: É Realizações, 2012.
HIDALGO, Orlando Castro. O espião de Fidel Castro. Rio de Janeiro: Artenova S.A., 1973.
INFANTE, Guillermo Cabrera. Mea Cuba. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
JAMES, Daniel. Cuba: primeiro satélite soviético nas Américas. Rio de Janeiro: Letras e Artes, 1962.
REPÓRTERES SEM FRONTEIRAS. O livro negro de Cuba. Lisboa: Alêtheia, 2005.
ROLLEMBERG, Denise. O apoio de Cuba à luta armada no Brasil: o treinamento guerrilheiro. Rio de Janeiro: Mauad, 2001.
SÁNCHEZ, Juan Reinaldo. A vida secreta de Fidel. São Paulo: Editora Paralela, 2014.
SÁNCHEZ, Yoani. De Cuba com carinho. São Paulo: Contexto, 2009.
THOMAS, Hugh. Cuba ou os caminhos da liberdade. 2.ed. Amadora: Livraria Bertrand, 1974.
VALLADARES, Armando. Contra toda a esperança. São Paulo: InterMundo, 1986.

BRASIL

ARAÚJO, Celso Arnaldo. Dilmês: o idioma da mulher sapiens. Rio de Janeiro: Record, 2015.
AZEVEDO, Reinaldo. O país dos petralhas. 3.ed. Rio de Janeiro: Record, 2008.
______. O país dos petralhas II – O Inimigo Agora é o Mesmo. Rio de Janeiro: Record, 2012.
CABRAL, Otávio. Dirceu: a biografia. Rio de Janeiro: Record, 2013.
CARDOSO, Tom. O cofre do Dr. Rui: como a Var-Palmares de Dilma Rousseff realizou o maior assalto da luta armada brasileira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.
CASTRO, Paulo Rabello de. O mito do governo grátis: o mal das políticas econômicas ilusórias e as lições de 13 países para o Brasil mudar. Rio de Janeiro: Edições de Janeiro, 2014.
CARVALHO, Luiz Maklouf. Já vi esse filme: reportagens (e polêmicas) sobre Lula e o PT (1984-2005). São Paulo: Geração Editorial, 2005.
CARVALHO, Olavo de. O mínimo que você precisa saber para não ser um idiota. Record: Rio de Janeiro, 2013.
______. Breve retrato do Brasil – volume 7. São Paulo: Vide Editorial, 2017.
CONSTANTINO, Rodrigo. Privatize já. São Paulo: LeYa, 2012.
______. Esquerda caviar. Rio de Janeiro: Record, 2013.
COUTINHO, João Pereira; PONDÉ, Luiz Felipe; ROSENFIELD, Denis. 2.ed. Por que virei à direita. São Paulo: Três Estrelas, 2012.
FARHAT, Emil. O país dos coitadinhos: algumas ideias sobre o Brasil. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1966.
FIUZA, Guilherme. Não é a mamãe: para entender a Era Dilma. Rio de Janeiro: Record, 2014.
GARSCHAGEN, Bruno. Pare de acreditar no governo: por que os brasileiros não confiam nos políticos e amam o Estado. 6.ed. Rio de Janeiro: Record, 2015.
GORDON, Flávio. A corrupção da inteligência: intelectuais e oder no Brasil. Rio de Janeiro: Record, 2017.
JÚNIOR, Romeu Tuma. Assassinato de reputações: um crime de estado. Rio de Janeiro: Topbooks, 2013.
______. Assassinato de reputações II: muito além da Lava Jato. São Paulo: Matrix, 2016.
MAINARDI, Diogo. A tapas e pontapés. Rio de Janeiro: Record, 2004.
______. Lula é minha anta. 3.ed. Rio de Janeiro: Record, 2007.
NARLOCH, Leandro. Guia politicamente incorreto da história do Brasil. São Paulo: LeYa, 2009.
______. Guia politicamente incorreto da economia brasileira. São Paulo: LeYa, 2015.
NAVARRO, Silvio. Celso Daniel: política, corrupção e morte no coração do PT. Rio de Janeiro: Record, 2016.
PAIM, Antonio. A querela do estatismo: a natureza dos sistemas econômicos: o caso brasileiro. 2.ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1994.
PAIM, Antonio (Org.). O patrimonialismo brasileiro em foco. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
PATARRA, Ivo. Petroladrões: a história do saque à Petrobras. São Paulo: Vide Editorial, 2016.
PENNA, José Osvaldo de Meira. O dinossauro: uma pesquisa sobre o Estado, o patrimonialismo selvagem e a nova classe de intelectuais e burocratas. São Paulo: T. A. Queiroz, 1988.
______. Utopia brasileira. Belo Horizonte: Itatiaia, 1988.
______. Em berço esplêndido: ensaios de psicologia coletiva brasileira. 2.ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1999.
______. Psicologia do subdesenvolvimento. São Paulo: Vide Editorial, 2017.
PEREIRA, Merval. Mensalão: o dia a dia do mais importante julgamento da história política do Brasil. 4.ed. Rio de Janeiro: Record, 2013.
PINTO, José Nêumanne. O que sei de Lula. Rio de Janeiro: Topbooks, 2011.
PONTES, Ipojuca. A era Lula: crônica de um desastre anunciado. São Paulo: A Girafa Editora, 2006.
SEGANFREDDO, Sônia: UNE: instrumento de subversão. Rio de Janeiro: Edições GRD, 1963.
TOPIK, Steven. A presença do Estado na economia política do Brasil de 1889 a 1930. Rio de Janeiro: Record, 1987.
VÉLEZ-RODRÍGUEZ, Ricardo. A grande mentira: Lula e o patrimonialismo petista. São Paulo: Vide Editorial, 2015.
VILLA, Marco Antonio. Mensalão: o julgamento do maior caso de corrupção da história política brasileira. São Paulo: LeYa, 2012.
______. Década perdida: dez anos de PT no poder. Rio de Janeiro: Record, 2013.
______. Um país partido – 2014: a eleição mais suja da história. São Paulo: LeYa, 2014.
VILLAVERDE, João. Perigosas pedaladas. São Paulo: Geração, 2016.